sábado, 8 de maio de 2010

Chaplin - Uma Vida




Sinopse: Uma reflexão única sobre o mistério da criatividade. Sempre provocador e algumas vezes doloroso, é uma leitura reveladora, um importante elemento para a compreensão da genialidade e da arte de Chaplin.
 
Recentemente foi lançada mais uma biografia de Charles Chaplin só que muito diferente das demais. Esta escrita pelo psicanalista Stephen Weissman trás episódios de quando Chaplin era menino e os relaciona com a filmografia do ator do cinema mudo, morto em 1977.
 
Para Freud, pai da psicanálise, Chaplin transformava suas memórias dolorosas em roteiros cômicos. É em episódios trágicos, que marcaram a vida do artista, que Weissman se baseou para escrever Chaplin - Uma Vida.
 
 
Weissman procurou e analisou situações marcantes na infância do ator em seus mais de 80 filmes. Muito pobre, filho de mãe louca e pai alcoólatra, Charles Chaplin foi separado da família aos 7 anos e levado para o orfanato em uma carroça. Estas lembranças estão em Tempos Modernos (1936), quando uma órfã é carregada de uma carroça, e em O Garoto (1921), quando o protagonista vai para o orfanato.



“Este livro, sempre provocador e algumas vezes doloroso, é uma leitura reveladora, um importante elemento para a compreensão da genialidade e da arte de meu pai, e uma reflexão única sobre o mistério da criatividade.”

Geraldine Chaplin.



Chaplin - Uma Vida
Stephen Weissman
Editora Larousse

0 comentários:

Postar um comentário

Comente neste post e faça essa blogueira feliz. O que você tem a dizer é muito importante!!! =P

 

Followers

Follow by Email

Visitas

FeedBurner

Ads Banner

Tecnologia do Blogger.
Copyright © 2009 Blogger Template Designed by Bie Blogger Template Vector by DaPino